TJ autoriza mãe de Isabele a atuar como assistente de acusação

A mãe da adolescente Isabele Ramos, que foi morta supostamente por um tiro acidental disparado pela amiga em julho deste ano, irá atuar como assistente de acusação no processo judicial. Patrícia Guimarães Ramos teve o pedido aceito na última semana.

O pedido dá a oportunidade ao representante legal da vítima de fazer parte do processo como auxiliar do Ministério Público, que é o autor da ação penal.

Na prática, Patrícia poderá propor meios de prova, requerer perguntas e fazer a defesa de recursos interpostos.