Mais de 20 pessoas foram detidas durante as eleições neste domingo

Mato Grosso registrou 105 crimes de boca de urna nas eleições deste domingo (15), conforme dados divulgados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). O número representa 82,6% do total de 127 ocorrências registradas em todo o estado.

O diretor-geral do TRE, Mauro Sérgio Rodrigues, afirmou que, apesar das mudanças devido à pandemia, as votações deste ano, no geral, foram tranquilas.

“Estamos finalizando todo esse grande processo das eleições 2020. Nosso desafio foi muito grande. Temos dificuldades que outros estados não tem, como aldeias, locais de difícil acesso”, ressaltou.

Entre as ocorrências de boca de urna, duas foram em Nortelândia. Um candidato a prefeito e um vereador foram detidos pela polícia suspeitos de cometer o crime nos locais de votação.

Em Peixoto de Azevedo, um motorista de uma BMW foi preso ao ser flagrado com R$ 10 mil que seriam supostamente usados para compra de votos.

Em Campo Verde, um candidato a vereador também foi preso suspeito de fazer boca de urna. Segundo a polícia, ele estava entregando panfletos na porta de colégio eleitoral e tentando convencer eleitores a votarem nele.