SUSPEITO ERA DO COMANDO VERMELHO

Irmão de PM é assassinado e jogado em cova de cemitério

A Polícia Civil instaurou um Inquérito Policial (IP) para investigar o homicídio de Mateus Riato, de 19 anos, assassinado com um tiro no pescoço. O suspeito de ter cometido o crime seria membro da facção criminosa Comando Vermelho. O caso aconteceu no domingo (21), na cidade de Porto dos Gaúchos ( a 650 km de Cuiabá).

Conforme o boletim de ocorrência, um servidor da prefeitura encontrou o corpo de Mateus, que era irmão de um policial militar, em uma cova de cemitério da cidade. O buraco estava coberto com uma lona preta.

Conforme o delegado João Antônio Batista, uma testemunha avistou o suspeito deixando o cemitério e repassou as características do homem à polícia.

A autoridade policial informou que a principal linha de investigação é a de que o jovem tenha sido assassinado por retaliação devido o seu grau de parentesco com um policial militar.

Durante rondas policiais pela região, o suspeito foi encontrado e ao perceber a movimentação dos agentes, ele tentou fugir, mas foi detido.

O homem foi encaminhado à delegacia onde deve prestar depoimento. O caso será investigado.