TRISTEZA

Genro de prefeito que atuava como médico no SUS é encontrado morto

Morreu no final da tarde desta terça-feira (24), o médico Miguel Eduardo Araújo, de apenas 31 anos.

O médico realizava atendimentos gratuitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) nas cidades de Nova Mutum e Diamantino, e era genro do prefeito Dr. Manoel Loureiro, da cidade de Diamantino (181 km de Cuiabá). Segundo informações, Miguel teria cometido suicídio.

Na internet, dezenas de pacientes agradeceram o serviço prestado por Miguel:

“Meus sinceros sentimentos a família e amigos..um excelente profissional…😥😥q deus o receba de braços abertos” disse uma internauta.

“Era bom médico, muito simpático, educado, Coisas da vida. Que Deus tenha misericórdia…” lamentou outra paciente.

Por meio de nota, Manoel lamentou a partida do genro:

O Dr. Manoel Loureiro, prefeito de Diamantino, comunica e lamenta profundamente o falecimento prematuro do seu genro, o médico Miguel Eduardo Araújo, 31 anos, ocorrido às 18h deste terça-feira, 25.05, em Nova Mutum, onde residia.

Informamos que o velório será realizado das 7h às 12h no Memorial Capela 2 Irmãos, Sala das Orquídeas, Avenida das Águias, 1761n, bairro Jardim das Orquídeas, em Nova Mutum-MT (em frente ao cemitério municipal), e posteriormente o corpo será transladado para Pontes e Lacerda, sua cidade natal, onde será sepultado na manhã do dia 27.05, quinta-feira.

Dr. Miguel era um profissional exemplar, já havia prestado serviço na rede SUS de Diamantino e Nova Mutum e deixará muita saudade.

Enlutados, registramos nosso profundo pesar e condolências a todos os entes queridos.