Governo Federal reativa cobrança de energia elétrica por bandeira tarifária

O Governo Federal, por meio da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), reativou a cobrança pelo sistema de bandeiras tarifárias a partir do mês de dezembro de 2020. A decisão, tomada em reunião extraordinária na segunda-feira (30), revogou deliberação anterior da Agência Nacional, anunciada no dia 26 de maio deste ano, que estabelecia o acionamento da bandeira verde até 31 de dezembro, em virtude da pandemia de coronavírus (Covid-19).

Segundo a Agência Nacional, a revisão da cobrança se justifica pela queda no nível de armazenamento nos reservatórios das hidrelétricas e pela retomada do consumo de energia. Em dezembro, será acionada a bandeira vermelha, patamar 2, que tem custo de R$ 6,243 para cada 100 quilowatts-hora consumidos.

As cores das bandeiras tarifárias são definidas pela Agência Nacional, a partir da previsão de variação do custo da energia em cada mês. No final de cada mês, a Aneel disponibiliza em seu site o valor da bandeira para o mês seguinte. No site da Agência também é possível consultar o calendário anual de divulgação das bandeiras.

O que são as Bandeiras Tarifárias?

É o Sistema utilizado pela Aneel que sinaliza aos consumidores os custos de geração de energia elétrica. O funcionamento é simples: as cores das Bandeiras (verde, amarela ou vermelha) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração de eletricidade.

Fonte: Assessoria