"TUDO ISSO?"

Julio Campos e o salário de prefeito de VG

 

O Pré-candidato Júlio  Campos fez publicamente contas que o levarão a um mandato de deputado estadual nesta eleição.

Segundo o antigo cacique, seu partido apresenta seis puxadores devotos e vaga para três, porem revelou um pré acordo com o governador Mauro Mendes que em um novo mandato puxaria pelo menos dois deputados da assembleia, um como secretario e outro como conselheiro do tribunal de contas.

A vaga de conselheiro seria para Eduardo Botelho, Dilmar Dal Bosco ou Sebastião Resende, todos do seu partido, o União Brasil.

“(Botelho) é candidato natural se tiver a vaga. Se o Waldir Teis aposentar agora no fim do ano, mesmo sendo reeleito, ele já nem toma posse, ninguém vai deixar um cargo vitalício, que ganha 100 contos (R$ 100 mil) por mês, para ir pra Assembleia”, disse.

A experiência de Júlio lhe dá crédito para matemática política, mas quanto ao salario pago a um prefeito é muito superior a R$ 100 mil reais  realmente?

A pergunta é para o valor do salário de prefeito, por que Júlio Campos renunciou ao cargo de Conselheiro de Tribunal de Contas (TCE), cargo vitalício, pra concorrer à prefeitura de Várzea Grande e acabou perdendo para Murilo Domingos em 2008.