TJ marca eleição para 26 de novembro

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso acatou a decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e publicou, ainda na noite de terça-feira (10), o edital para as eleições de presidente, vice-presidente e corregedor-geral de Justiça. O pleito, que não terá a presença do atual presidente, o desembargador Carlos Alberto da Rocha, será realizado em 26 de novembro.

Na terça-feira, o Pleno do CNJ anulou a mudança no regimento do TJ, que permitia a reeleição do presidente. Segundo a decisão, o Tribunal mato-grossense teria 25 dias para realizar a eleição.

De acordo com o edital, os interessados devem registrar a candidatura em até 5 dias. Não podem participar os atuais diretores e nem desembargadores afastados por decisão judicial ou administrativa. A votação será secreta, com posse dos eleitos em 18 de dezembro e início de exercício em 1º de janeiro.