Presidente do Conselho de Ética diz que Chico Rodrigues deveria se licenciar do mandato

O presidente do Conselho de Ética do Senado, Jayme Campos (DEM-MT), afirmou nesta segunda-feira (19) que o senador Chico Rodrigues (DEM-RR) deveria se licenciar do mandato por 121 dias para não deixar “nenhuma dúvida” de que quer “esclarecer a verdade” sobre o dinheiro encontrado em sua cueca.

Jayme Campos deu a declaração em Brasília após ter se reunido com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), na residência oficial do Senado.

Na semana passada, Chico Rodrigues foi flagrado com R$ 33 mil na cueca. O dinheiro foi encontrado durante uma operação que cumpriu mandados de busca e apreensão na casa do parlamentar.

A operação apura suposto esquema de desvio de recursos públicos. Rodrigues nega as acusações e afirma ainda que o dinheiro serviria para pagar funcionários.

Fonte: G1