Mendes pedirá celeridade para votação da LOA

O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que deverá pedir celeridade ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), para a análise e aprovação da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2021, a fim de não atrasar o cronograma de investimentos do Governo do Estado.

Atualmente, os trabalhos na Assembleia encontram-se suspensos por conta das eleições.

Botelho já havia dito recentemente à imprensa que, assim que terminar as eleições, irá apresentar um calendário de votação da LOA.

A primeira sessão pós-eleição deve ocorrer no dia 18 deste mês.

LOA 2021

Com  em R$ 22,1 bilhões (entre receita e despesa), a LOA foi entregue em outubro e ainda deve passar por audiências públicas, apresentações de emendas e discussões nas Comissões de Fiscalização e de Constituição e Justiça e Redação para somente então seguir para votação em Plenário.