APÓS REPERCUSSÃO

Suspeito de matar jovem e jogar em vala é preso tentando fugir da cidade

Um homem foi preso na manhã desta segunda-feira (22). Ele é o principal suspeito na morte do jovem Mateus Riato, encontrado morto em uma vala no cemitério em Porto dos Gaúchos (629 km de Cuiabá) na manhã deste domingo (21).

Após repercussão do caso, uma testemunha informou ao delegado que flagrou a vítima e um suspeito discutindo na porta do cemitério. Segundo informações oficiais, os investigadores encontraram o rapaz tentando fugir da cidade. Ele foi preso em flagrante, teve o celular apreendido e a prisão poderá ser convertida em preventiva.

“Ao que tudo indica, ele é mesmo o autor do homicídio, mas ainda não sabemos o motivo”, revelou uma fonte sigilosa que acompanha o caso.

O crime segue sendo investigado e o delegado está trabalhando dentro do sigilo para não atrapalhar os desdobramentos do caso.

O CASO

Um coveiro encontrou o corpo de um jovem na manhã deste domingo (21), em Porto dos Gaúchos (629 km de Cuiabá). Ele foi até o cemitério para realizar os preparativos para um sepultamento quando encontrou corpo do jovem. Ele foi executado com um tiro na cabeça.

Segundo consta no boletim de ocorrência o corpo estava coberto com um pedaço de lona automotiva. O corpo encontrado é de um jovem identificado como Mateus, de 18 anos. Ele que trabalhava em um posto de combustível na cidade estava desaparecido.

A Politec esteve no local e o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). Ainda não se sabe se ele foi morto no local e em outro lugar e depois deixado dentro da cova onde foi encontrado.