Sargento que tentou matar ex se apresenta ao Batalhão

O sargento da Polícia Militar Ronaldo Henrique Neves de Amorim, que tentou matar a ex-esposa, R.G.A., de 31 anos, na quarta-feira (11), esperou passar o período de flagrante e se apresentou no Batalhão que é lotado em Várzea Grande.

A Corregedoria da PM informou que a arma usada no crime já foi recolhida. Apesar do crime, sargento Amorim não ficará preso. A legislação eleitoral só permite prisões em flagrante até domingo (15).