Mulher que denunciou estupro no HMC é transferida para Santa Casa

A mulher que denunciou o estupro na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), no último sábado (17), foi transferida para o Hospital Estadual Santa Casa. No local, ela recebe acompanhamento psicológico. As informações foram repassadas pela secretária de Saúde de Cuiabá, Ozenira Félix, que acompanha a situação.

Ozenira disse que a Polícia Civil acompanha o caso.

O plantão da UTI do HMC é composto por cinco técnicos de enfermagem, um fisioterapeuta, dois enfermeiros, um médico e um supervisor. Após o episódio, todos os homens foram afastados até que o inquérito seja concluído pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher.