Juiz decreta prisão de empresária acusada de mandar matar dois irmãos

O juiz Wagner Plaza Machado Junior, da 1º Vara Criminal de Rondonópolis (a 218 km de Cuiabá), decretou a prisão preventiva da empresária Mônica Marchett, acusada de mandar matar os irmãos Brandão Araújo Filho e José Carlos Machado Araújo.

Os dois foram assassinados, respectivamente, em 10 de agosto de 1999 e 28 de dezembro de 2000.

Eles foram executados supostamente em razão de uma disputa de terras entre a família deles e a de Mônica Marchett.

Na decisão, o magistrado afirmou que recebeu a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) contra a empresária, mas a mesma não foi encontrada para se manifestar e não atendeu as intimações feitas via edital.

Conforme ele, tal situação reforça a determinação da prisão dela para assegurar a aplicação da lei penal.