Homens são presos com dentes arrancados de vítima que foi torturada e assassinada em MT

policiais

O homem que teve três dentes arrancados em Arenápolis (258 km de Cuiabá) na segunda-feira (2) foi morto por se relacionar com a mulher do assassino. Márcio Andreotti, de 33 anos, estava desaparecido desde sexta-feira (30), após sair de uma boate da cidade e foi encontrado próximo da Avenida Getúlio Lino com perfurações de faca pelo corpo.

De acordo com informações da Polícia Civil, quatro pessoas são investigadas pela morte de Márcio. Dois deles foram presos na segunda-feira. Em depoimento à polícia, eles disseram que Márcio foi torturado e depois morto, por ter mantido relações com a mulher de Gilson Rodrigues, autor do crime.

Gilson ainda está foragido. Um mandado de prisão preventivo está aberto contra ele e o outro homem que fugiu. Na casa de Gilson foi encontrada uma sacola com seis dentes humanos, três seriam de Márcio.

A Polícia Civil segue investigando o caso.