Homem vai à delegacia para dizer que não morreu em confronto com a Força Tática

Frank Aparecido Soares Viana, compareceu à Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), na manhã desta quinta-feira (5), para informar que está vivo e, diferente do que foi informado pela Polícia Militar (PM) para a imprensa, ele não morreu e não tem ligação com o confronto que ocorreu em Bonsucesso, em Várzea Grande.

A troca de tiros entre a Força Tática e mais quatro pessoas aconteceu na última sexta-feira (30). A confusão do homem ocorreu após ele dizer ter visto seu nome relacionado na ocorrência e por medo de que seu CPF fosse cancelado, já que está trabalhando e tem uma empresa.

O delegado Marcel Gomes de Oliveira, responsável pelo caso, explicou que ele mesmo se confundiu com a informação, já que o morto no confronto foi identificado como Franklin Thomé Arruda Ferreira Mendes pelo Instituto Médico Legal (IML).

Assustado, o rapaz chegou ao local negando qualquer relação com o caso.

Após o delegado explicar a situação ao rapaz e dizer que seu nome nem aparece no inquérito, ele retornou para casa.