“ESTADUALIZAÇÃO”

MP não quer que dinheiro do HCan  passe pela prefeitura de Cuiabá

 

O Ministério Público de Mato Grosso irá pedir que as verbas federais e estaduais destinadas ao Hospital de Câncer de Mato Grosso não passem pelos cofres da Prefeitura de Cuiabá.

Os constantes atrasos e o questionamento constante dos valores a serem pagos levaram por diversas vezes a instituição ameaçar paralização dos serviços para que recebesse valores devidos.

Como as verbas em questão não são de origem municipal, sendo o município responsável apenas por receber dos governos estadual e federal e depositar na conta do HCan, a intenção é de fazer com que os recursos federais sejam  repassados pelo estado de Mato Grosso, juntamente com seus repasses próprios diretamente ao credor, retirando os cofres vazios da prefeitura da operação.