DESDOBRAMENTOS DA INVESTIGAÇÃO

Jovem encontrado morto em vala de cemitério pode ter sido executado por se envolver com ex de integrante do CV

As investigações apontam que Mateus Riato, de 18 anos, teria sido morto na noite do último sábado (20) após ter se envolvido com a ex-namorada de um traficante, em Porto dos Gaúchos (663 km de Cuiabá). A Polícia Civil investiga essa tese e prendeu em flagrante o autor do crime que é integrante ativo do Comando Vermelho. Antes de morrer, Mateus foi espncado na porta do cemitério onde foi desovado dentro de uma vala.

Após a grande repercussão do caso, policiais civis receberam uma denúncia de uma testemunha que presenciou Mateus e o assassino, 23 anos, discutindo na porta do cemitério na madrugada de sábado. No relato, o denunciante contou que viu a vítima sendo espancada e posteriormente forçada a entrar no cemitério. Momentos depois foi posível ouvir um disparo de arma de fogo.

A partir das informações coletadas, a Polícia Civil identificou o criminoso e conseguiu prendê-lo quando tentava fugir da cidade.  Ele foi encaminhado à delegacia, onde foi autuado em flagrante e permaneceu em silêncio durante o interrogatório.

Durante as diligências, os policiais coletaram o celular do suspeito. A principal linha de investigação é de que Mateus teria se envolvido com a ex-namorada do assassino.

O delegado de Porto dos Gaúchos, João Antônio Batista Ribeiro Torres, representou pela conversão do flagrante em prisão preventiva.
As investigações continuam para averiguar se há outros envolvidos.

A PRISÃO 

Um homem foi preso na manhã desta segunda-feira (22). Ele é o principal suspeito na morte do jovem Mateus Riato, encontrado morto em uma vala no cemitério em Porto dos Gaúchos (629 km de Cuiabá) na manhã deste domingo (21).

O CASO

Um coveiro encontrou o corpo de um jovem na manhã deste domingo (21), em Porto dos Gaúchos (629 km de Cuiabá). Ele foi até o cemitério para realizar os preparativos para um sepultamento quando encontrou corpo do jovem. Ele foi executado com um tiro na cabeça.

Segundo consta no boletim de ocorrência o corpo estava coberto com um pedaço de lona automotiva. O corpo encontrado é de um jovem identificado como Mateus, de 18 anos. Ele que trabalhava em um posto de combustível na cidade estava desaparecido.