Vereador e esposa são alvos de operação do Gaeco

O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) deflagrou nesta segunda-feira (23) uma operação que investiga fraudes em licitações em Primavera do Leste (231 km ao sul). Um dos alvos dos mandados de busca e apreensão é um vereador do município.

Segundo as investigações do Gaeco na Operação Afeto, o vereador utilizava duas empresas de familiares – esposa e enteado – para direcionar e fraudar licitações.

Foram encontrados indícios de que o vereador atuava junto à prefeitura para direcionar as licitações, de modo que somente as empresas de seus familiares ganhassem os certames. No entanto, a esposa e o enteado seriam apenas “laranjas”, ou seja, donos de fachada, sendo que o verdadeiro proprietário das empresas era o vereador.

Entre 2016 e 2020, as duas empresas tiveram contratos de mais de R$ 4 milhões com a Prefeitura de Primavera do Leste. Foram contratados serviços como transporte escolar, locação de máquinas e caminhões, obras de engenharia, entre outros.

Com informações da assessoria