NÃO DEU TEMPO

Tornozelado e namorada que fugiam de ameaças são encontrados mortos em estrada rural

Marília Eduarda Gonçalves, 19, e o seu namorado, Marcos Otávio da Cruz Melo, de 20 anos foram encontrados mortos na manhã desta segunda-feira (15), em uma estrada que dá acesso a uma área de sítios, na zona rural de Barra do Garças (509 km de Cuiabá). O casal estava desaparecido há seis dias.

A Polícia Militar e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) estiveram no local e o corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal).

Segundo informações oficiais as vítimas estavam caídas perto de uma porteira, na estrada vicinal e seus corpos em avançado estágio de decomposição e com ferimentos na cabeça.

Familiares procurava por Marília desde o dia 9, quando fizeram o último contato com ela. Postagens com a foto da jovem foram espalhadas por redes sociais.

Já a família de Marcos registrou seu desaparecimento no dia 12 de fevereiro, na cidade de Primavera do Leste, onde a família mora. A mãe dele chegou a contar que na última conversa deles, no dia 9, o filho disse ter ido para Barra, pois estava sofrendo ameaças de morte em Primavera.

Marcos fazia uso de tornozeleira eletrônica, mas não foi informado por qual crime ele respondia.

Ainda não há informações sobre os suspeitos de terem cometido o crime e nem motivação.

A principal linha de investigação da Polícia Civil é acerto de contas.