HCan

Emanuel paga a metade da dívida e diz que restante é da Intervenção

A direção do Hospital de Câncer de Mato Grosso revelou ter recebido R$ 3,3 milhões da prefeitura na semana passada.

Porém o total da dívida, segundo a direção do hospital é de R$ 6,5 milhões e a suspensão nos atendimentos ainda pode acontecer, nesta semana, por falta de medicamentos, oxigênio e bloqueios judiciais, por inadimplência, que atingem a instituição.

A direção do hospital reclama que o prefeito Emanuel Pinheiro vem pagando o hospital parcialmente desde 2017 e que agora disse que o restante da dívida pertençe a Intervenção, apesar de o serviço ter sido prestado ao município de Cuiabá.