Polícia Civil empregará efetivo de 1.130 servidores no pleito eleitoral

A Polícia Civil de Mato Grosso se prepara para atuar nas Eleições Municipais 2020, marcadas para o próximo domingo (15), com um efetivo de 1.130 policiais civis, entre delegados, escrivães e investigadores de polícia que reforçarão as unidades policiais em 136 municípios do estado.

Além do acréscimo do número de servidores designados para fortalecer a segurança pública, a Polícia Civil contará com o incremento de 189 viaturas para atuação no primeiro turno das eleições nos municípios. Todo o efetivo empregado no planejamento está distribuído nas quinze regionais de Mato Grosso, sendo que as delegacias do interior receberão um incremento de 169 policiais para as atividades durante as eleições.

A Polícia Civil trabalhará de forma reforçada nas delegacias de polícia nos municípios, visando garantir a ordem pública durante todo pleito eleitoral, bem como dar suporte de forma rápida e eficaz, na realização nos atendimentos das ocorrências.

O coordenador das Eleições 2020 na Polícia Civil, delegado Walter de Melo Fonseca Jr. explica que dentre as atribuições e atividades dos policiais civis nas eleições municipais estão apurações investigativas de denúncias de suspeitas de compra de voto e outros crimes, além de prisões em flagrante delito.

Nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Cáceres, Barra do Garças, Sinop e Rondonópolis, as ocorrências envolvendo crimes eleitorais ficarão a cargo da Polícia Federal.

Conforme o Código Eleitoral brasileiro, no período de cinco dias que antecede o pleito eleitoral somente são permitidas detenções em casos de flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável ou por desrespeito a salvo-conduto.

Com informações da assessoria