MPE denuncia 33 por suspeita de fraudes ao DPVAT em MT

O Ministério Público de Mato Grosso denunciou 33 pessoas por participação em fraudes cometidas contra a Seguradora Líder- DPVAT. Os golpistas foram alvo da Operação Apate, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) no dia 7 de outubro. Entre os crimes imputados aos acusados estão constituição de organização criminosa, embaraço às investigações e dezenas de estelionatos.

Ao todo, foram imputados 27 fatos criminosos. Os prejuízos causados à Seguradora Líder, apurados até o momento, totalizam mais de R$ 250 mil.